Assault – CRIME PERFEITO

CRIME PERFEITO – Assault Letra:
Intro: Borges
Yeah
E aê PL, e aê Azevedo
Passa esse baseado pra cá, mano
Várias bunda’… Haha
Hahahahaha
Borges

Verso: Borges
Dois mano’ no toque, tonteia os X9
Brotar aqui é chuva de rajada
Pega a maconha, joga no dichava’
Acende e puxa que eu faço fumaça
Pego essa mina, ela é safada
Daquela que pede pra bater na cara
Daquela que chupa, quica e não para
Que bebe meu leite igual bebe água
Glock escopeta, fuzil luneta
Crime perfeito pra comer buceta
Muito sucesso em tão pouco tempo (Money)
Falam que eu fiz pacto com… (Shhh)
BG não muda de flow, BG só fala da vida bandida
BG empilha dinheiro vivendo de chefe uma vida rica e bem sucedida

Verso 2: Azevedo
Quero ver você sem nada
Acima das nuvens
Vamo’ fuder na pele
No céu ou no inferno
Tu quer transar na onda
Rebola essa bunda
Uh, Ajaxx no beat
No céu ou no inferno
TremOf, meus amigo’ conta grana
Ahn, quem não tá querendo?
Meus amigo’ come as paty’
Hm, quem não tá comendo?
Portando Louis V’ e Prada
No cabelo, disfarçado
Estuda minha postura
Pra ver se você aprende
Te tiro essa roupa, quica por cima
Senta na vara, fala da gangue
Minha tropa tá foda, fode e não para
Fala do mano, que financia e traz as droga’

Refrão: BIN
Ela quer vida bandida, vender droga, traficar
Quer ser minha preferida, igual batida do Ajaax
No quadro ela é Monalisa, curte a brisa, rebolar
Quer sentar na minha pica, eu vou te devorar

Verso 3: PL Quest
Planejei o crime perfeito
Pra fazer chover dinheiro
Hoje eu vou subir balão
Já mandei fechar o puteiro
Ela quer sentar na pele
Criar o herdeiro do PL
Pedindo pra eu jogar dentro
Normal, todas querem
No baile de marola
Ela passa, sarra e roça
E os mandado se pergunta
“Como esse bonde é foda?”
Meu copão já tá com bala
Jacaré, no peito, estala
De marola na Chumbada
Só fumando balãozada

Verso 4: Orochi
Orochi
Pode escolher
Bala ou special ?
Lança, whisky, purple haze
Fode na onda do LSD (TremOf’)
Só de lazer
Ela quer tudo só de uma vez
Bala ou special ?
Lança e whisky (Orochi)
Tipo a Glock rajada, ela destrava
A buceta na minha cara
Várias piranha’, na minha sala
Artilharia pesada
Trajadão, eu tô sempre na onda
Sem perder a postura
Gosto muito dessa vida cara
Fácil se acostumar
Balançando a bunda na minha cara
Bandida de Gucci
Perguntou pra mim se eu tava armado
Confundiu o volume
Mainstreet, RJ, tomando de assalto (Assault)
Com “Celebridade” na pista eu acho essas treta’ chata demais
Um com o pau do outro na boca, explanando as mina’ em busca de hype

E quem faz as mina’ gozar tá sempre calado e nem dá um “ai”

Refrão: BIN
Ela quer vida bandida, vender droga, traficar
Quer ser minha preferida, igual batida do Ajaax
No quadro ela é Monalisa, curte a brisa, rebolar
Quer sentar na minha pica, eu vou te devorar

Saída: Orochi
Mainstreet é o nome da firma
Se peitar vai ficar sem peito
Mainstreet, porra! Vai tomar no cu!

Letra lyrics lyric letras versuri musiek lirieke tekstet paroles

%d blogueiros gostam disto: