Brenno CHL – Chiclete no Ponteiro

Chiclete no Ponteiro – Brenno CHL Letra:
Intro
Enquanto o tempo não para, não
Enquanto o tempo não para, não
Enquanto o tempo não para

Verso 1
Seis horas da manhã de mais um sábado
E a garrafa seca da madrugada que passa
Noite regada à álcool e Erykah Badu
Vendo a Lua brilhando pelo fundo da taça

Outro
Eu sei que passa
Eu sei, yeah-eh
Eu sei que passa (eu sei)

Verso 2
Mas o tempo controla tudo que eu faço
E o que eu tento tirar da cabeça
Queimando o tempo com as vela’ na mesa
Sem preparo – só ação na surpresa
Sem reparo – só ação na certeza
E eu gosto do jeito que mе encara
Dá pra ver o brilho no olho, tipo jóia rara
Tipo janta cara e um vinho barato
Quе o valor é garantido só no tato

Refrão
Eh, yeah-eh
(Enquanto o tempo não para, não)
Enquanto o tempo não para
(Enquanto o tempo não para, não)
Enquanto o tempo não para
(Enquanto o tempo não para)
Enquanto o tempo não –
Eu botei um chiclete no ponteiro

Verso 3
Eu quebrei o relógio do meu pulso
Coloquei meu rosto no seu ombro
Retirei as sombras quando olhei pra luz
Dessa Lua cheia de histórias pra contar (pra con-tar)

Refrão
Eh, yeah-eh
(Enquanto o tempo não para, não)
Enquanto o tempo não para
(Enquanto o tempo não para, não)
Enquanto o tempo não para
(Enquanto o tempo não para)
Enquanto o tempo não –
Eu botei um chiclete no ponteiro

Verso 4
Eu tirei o relógio da parede
Parcelei segundos em pedaços
Retirei as sombras quando olhei pra luz
Desse Sol nascendo em imagens pra guardar

Refrão
Eh, yeah-eh
(Enquanto o tempo não para, não)
Enquanto o tempo não para
(Enquanto o tempo não para, não)
Enquanto o tempo não para
(Enquanto o tempo não para)
Enquanto o tempo não –
Eu botei um chiclete no ponteiro

Saída
Yeah-eh
Yeah-eh

%d blogueiros gostam disto: