Bruno Lins – O futuro é massa

O futuro é massa – Bruno Lins Letra:
Entrei numa máquina do tempo feita de papelão
Tracei as rotas e as coordenadas e apertei o botão do avião
E fiz uma viagem transcendente tão pra frente que eu juro
Quando acordei que dei por mim no tempo fui parar no futuro

E no futuro foi quando eu me deparei com as coisas reais
Havia mais humanidade até do que contas digitais e tem mais
As fábricas só fabricavam sons e coisas do coração
E não faltava na mesa do povo nem trabalho nem pão

Eu fui no futuro e o futuro é massa
Fui no futuro e o futuro é massa
Fui no futuro e o futuro é massa!

Tava mais fácil de se conhecer e de se comunicar
E todo mundo tinha uma casinha e um barquinho no mar pra pescar
Ninguém morria mais nem de utopia e nem de solidão
A vida era tão boa que eu não quis voltar pra casa mais não

Quando eu voltei pra casa alucinado de tanto viajar
Eu disse pra mamãe ficar tranquila que esse mundo não vai se acabar
E agora eu vou deitar pra garantir que vem mais um sonho bom
Porque eu conheço todo meu futuro aqui na palma da mão

Eu fui no futuro e o futuro é massa
Fui no futuro e o futuro é massa
Fui no futuro e o futuro é massa!

%d blogueiros gostam disto: