C4bal – Bonde do Rap

Bonde do Rap – C4bal – Letra Lyrics

Tipo porra nenhuma!
Stonda music?
É gênero musical? Não
Meu bonde é o rap jão
Respeita!
Entendeu?
Oh a responsa

Bonde da, bonde da, bonde da, bonde da
O meu bonde é da música vai!
O meu bonde é da música rap
Não existe stronda music
Pesquisa na internet
A origem do som da um click
DJ, b boy, grafite
Sou MC de verdade
Vou pra que mutiplique
O que a stronda divide
É verdade, e foda-se o chilique

Playsons, cocotas, prexecas
Isso não é uma diss, (hãhã)
É um esclarecimento publico
Pra esclarecer pro plublico
Que stronda music não existe
E foda-se o chilique!

MC’s é sanduiche, thug é bandido
E vocês não tem um pingo disso no sangue
Tipo, mostrem isso pra um gringo
Em qualquer pais, qual é a raiz?
Tenho dó fanzinho
Além disso decide se é playson
Ou um só caminho
O mag já disse!
Toque de amigo, esse ritimo é rap?
Mic, picape, pontencia? Cavalos legitimos
Vocês são poneis malditos
Po-poneis maltidos, lá lá lá lá lá
Profecia? Bonde do inri Cristo!

Por mais que chame o azul de vermelho
Ele continua sendo azul
No espelho, pouco talento, muito cabelo
É triste, música de brinquedo
Stronda music não existe
Pergunta pro padre quevedo
O que existe é rap bem feito, e mal feito
Mimimi, correram porque não foram aceitos
Sofreram preconceito?
Eu senti, mas não sofri
Por respeito, bati de frente
Fiquei foda, e fiz do meu jeito

É o bonde do rap
Que não se esconde na track
Música livre percebe, na vida não te vi verme
Subi na vida acontece, mas a verdade fala onde tá
Cara, olha ninguém precisa ser monge pra (hã)
Mentalizar, e ver que lá, tá longe lá
Com a gente lado osposto de onde você tá
Cquá mudou o esquema
Pra fechar a quadrilha
Só faixa pika problema timepro lá família
Moleque é zica no tema
E não tá só na trilha
Só rima rica fonema, (hahaha) som de monstro armadilha
Pra prego que só fala cocota, credo
Sou sincero, são sincero, tão honesto
A mocota prezo
Piso na cara, tua boca torta quebro
Aprende na marra, puta mosca morta, joga sério

Onde tá o bonde? Pra combinar onde vai começar
Gang lá, gang cá, gang está
Só são amantes dá
Cultura bandida, loucura fãndida
Fala de bang-bang
Mas não vejo sangue lá
Quer cantar? Cante pra mãe de la bonde na candida
Mas colher o respeito
Primeiro plante pra
Cordão de ouro puro?
A sua mãe quem dá
Falando de futuro?
Parece a mãe dináh
Viva o estilo livre
Sei que é importante
Na pista, meus amigos vive esse é o bang
Pra conquistar, funk tá
Sobe no palanque pra
Falar alto o que povo quer ouvir
(Quer um exemplo?) (olha eu aqui)
Então vem no bonde das onze
Da ponte pra onde a van levar
Santos dumont pra belo horizonte
Meu clã tá lá
Colisão na ponte aerea
Rap fa o pan voar
Mas sem freio, bonde veio
Tipo o peter pan do fla

Letras “C4bal – Bonde do Rap” Official Lyrics

%d blogueiros gostam disto: