DAY – Dilúvio

Dilúvio – DAY Letra:
eu sei que eu sou de lua, dilúvio, difícil
me empurra e eu já to no precipício
nem vem me dizer que não, quando eu sei que sim
e eu não quero mais ficar nenhum segundo só do jeito que eu to, minha garganta da um nó
e eu… nem sei o que te falar, yeah, yeah

então mente pra mim quem sabe assim você finge que se importa,
fala pra mim quem sabe no fim você
não me vira as costas

me engana, me leva pra tua cama e me diz que talvez a gente se ama
você me deixa estranha mas to feliz de ta aqui
do seu lado, posso ficar
no seu quarto, não me parece errado
então me deixa ficar, me deixa ficar, yeah

me deixa pra lá se quiser (sei que quer)
que eu vou ficar bem, bem me quer, mal me quer
te levo comigo “proq” der e vier

só falta você (só falta você)

então mente pra mim, quem sabe assim você finge que se importa
fala pra mim quem sabe no fim você não me vira as costas

me engana, me leva pra tua cama e me diz que talvez a gente se ama
você me deixa estranha mas to feliz de ta aqui
do seu lado, posso ficar
no seu quarto, não me parece errado

então me deixa ficar, me deixa ficar

me engana…
na cama…
me ama…
me estranha…
me engana…
na cama…
me ama…..

me engana, me leva pra tua cama e me diz que talvez a gente se ama, você me deixa estranha…
de ta aqui
do seu lado, posso ficar
no seu quarto, não me parece errado

então me deixa ficar, me deixa ficar
yeah…

Letra lyrics lyric letras versuri musiek lirieke tekstet paroles

%d blogueiros gostam disto: