DJ Boy – Coração Gelado 3

Coração Gelado 3 – DJ Boy Lyrics Letra:
Yeah, DJ Boy
É o 3, tem que vir como?
Yeah, DJ Boy
DJ Boy (DJ Boy)
Visão (é só visão)

Eu não vou me relacionar
Então deixa os mandraka curtir a vida
E as bebezinha, nós deu bota, quer montar na minha motoca
Hoje implora pra dar em pião na quadrilha

Pouca atenção pros menor ralé, tirou nós de Zé
Fica puto de tá vendo os maloca vencer
A família nós deixou bem, humildade que vai além
Subir sem pisar em ninguém

Esse é o proceder dos menor ralé, tirou nós de Zé
Fica puto de tá vendo os maloca vencer
De Cartier, conto os plaques
Yeah, ooh

Por ser de comunidade, da pele escura
Fica mais difícil, o mundo gira em torno do cifrão
Vivências que me tornou forte
Foi tipo escola, pôs minha mente no lugar, favela, evolução

É que as dificuldades tá aí pra provar
Quem é que vai correr, quantos que vão ficar
Quando a fase ruim apertar?
Quando a fase ruim apertar?

Tipo uma roda gigante, que mudou pensamentos
E quem não botou fé, vê o Letto chegar
Tipo uma roda gigante, Deus me abençoa a todo instante
E quem não botou fé, vê o menor chegar

Tipo uma roda gigante, que mudou pensamentos
E quem não botou fé, vê o Letto chegar
Vê o DJ Boy chegar
Deixa o favela chegar

É porque cês não viram a caminhada
E foi vários degrau nessa escada
Então respeita a firma forte
A tropa vai trajada de Lacoste

Mas é o desejo das perturbada
Os odiado lá das debochada
Cê tá de olho é no malote
Atura que o pai é bigode

É porque o boy é perigo, se liga só nos artigo
Bebê, nós é bandido, e não pode se apegar
Maloca sem compromisso, já se tornamos seu vício
Se envolve sem perguntar

Porque eu sabia que, se não fosse o plaque
Cê não ia tá aqui, então mentir pra quê?
Não vou ser infeliz pra agradar você
Diz aí, cê vai ficar ou vai correr?

E a flechada do cupido te enganou
Só era Pix, não era amor
Confia no tempo, que o tempo é professor
Na passada cara, uns pensam que é jogador

Na dedeira, na corda, meu vulgo
Olha os favelado por aí girando o mundo
DJ Boy mandando o beat, só de vagabundo
De vagabundo

Coração no Alaska, jacaré tá cheio
Firme nas palavra, os maloca é desse jeito
Desbaratinado, vou todo de preto
Porsche de uma mina e a Tiger vem no peito

Coração no Alaska, jacaré tá cheio
Firme nas palavra, os maloca é desse jeito
Desbaratinado, vou todo de preto
Porsche de uma mina e a Tiger vem no peito

Chego na passada de jogador
Coração tá no polo Norte, amor
Aqui é só jogador caro, elenco fabuloso
Que os menor dá trabalho, ooh

As pervertida nós já bagunçou
As bebê daqui, as bebê de lá
Chama os aliado e vamos estourar champanhe
Coração gelado porque amor é só de mãe

Até tenho habilidade de não me apegar e sair fora
Já diz o ditado que bandido não namora
Até tenho habilidade de não me apegar e sair fora
Já diz o ditado que bandido não namora

É que os moleque é 100% favelado, bebê
E o DJ Boy tá com a sua amiga e eu tô querendo você
E eu vou fazer o quê, se você é mó gostosa?
E nós é os menino que as menina gosta

DJ Boy, é o tubarão
Coração gelado parte 3
E quem diria, né?

E o golpe das bebezinha é pique Pix, cai na hora
E o boy golpeador se esquiva e golpeia de volta
E no 7, cai quem quer, ela diz que eu sou pra frente
Homem não é tudo igual, o golpe é sempre diferente

Eu pelos bololô e o coração na solidão
Eu pelas madrugada implorando por compaixão
Coração tá gelado, gelo boia no copão
E a cada golada, sofrência de uma paixão

Vem conhecer meu mundo, o famoso presente grego
DNA vagabundo na arte do desapego
Tubarão sem valor, a alma esculpida no gelo
Se pá eu misturei nessa dose de Jack Daniel’s

Eu vou revoar
Revoada, seja bem-vinda
Coração tá no Alaska
Eu vou morrer de hipotermia

Só vai me acompanhar
A Johnnie Walker e a tequila
Adeus, vida de casado
É verão, vou curtir a vida

Coração gelado, não, hoje eu vou sem coração
Pra quem quer uma fatia do bolo e nunca me estendeu a mão
Calma lá, comedinha, quer pegar uma beirinha?
Aonde que cê tava quando nós não tinha nada não?

Eu tenho um troco pra pegar e conta pra pagar
Do lixo ao luxo, então pega sua fama e joga fora
É pouco pra entender e muito pra multiplicar
E hoje ela fala que eu me acho, se eu como e vou embora

Já me mandou tomar juízo, pensar no futuro
Amor, eu tô ficando rico, mas cê me quer duro
Será que ela ia tá comigo se fosse no escuro?
Acho que não

Olha pra cara de canalha, maloqueiro pitbull
Nós é o terror das da leste, nós é o terror das do sul
Paty fala: Não para, pede na boca e na cara
Nós com mó cara de tralha e os boy com mó cara de cu

Para de tentar entender, veinho, aceita que é nós
Já guardei as peça na gaveta, e com a caneta, nós segue soltando a voz
Nós é quebrada, nós é maloqueiro
Nós não se ilude com puta e dinheiro
Pra nós não é fácil, eu não nasci herdeiro
Tentou me brecar, mas eu cheguei primeiro

Nós é quebrada, nós é maloqueiro
Pros parceirinho, um forte e verdadeiro
Pra nós não é fácil, eu não nasci herdeiro
Tentou me brecar, mas nós cheguei primeiro

Oh, nós chegou primeiro
DJ Boy
Passe a visão

DJ Boy – Coração Gelado 3

%d blogueiros gostam disto: