Jepe – Chove em mim

Letra “Jepe – Chove em mim” Official Lyrics

O que ontem aprontei a alguém hoje chove em mim
Tudo aquilo que censurei hoje chove em mim
As acusações que gritei, os perdões que ignorei
A forma como me comportei, tudo isso chove em mim hoje

Porque no fundo o amanha já era
Em cada erro há uma lição e eu doutorei-me em quedas
Agi com pedras na mão a quem sempre me as estendeu
E também como estrеla no chão, mesmo vendo-as no céu

Mimo típico de um filho único
Mas vivo só para ouvir os mеus pais dizer o quanto eu sou um filho único
Desde que vim ao mundo, sinto que só os desiludo
Embora eles encham o peito quando é para expressar orgulho

Talvez seja de mim, talvez queira tudo
Chegar ao fim dos meus dias de adulto, com sorriso de puto
Errar e ser perdoado sem ter que me esforçar muito
Sonhar acordado, ou pelo menos tentar dar-me ao luxo

Mas de volta ao meu estado real
Vejo que estou de ser filho, amigo e namorado ideal
Até la chove em mim
E embora o karma de ser como sou me habitue a dias assim
Nada muda

Sou como sou e eu sei bem
Fiz tanta coisa que não lembra a ninguém
Vou passo a passo com tropeços sem fim
Um sol tão forte e hoje chove em mim

A vida é irónica, as vezes óbvia
As vezes má as vezes ótima, nunca lógica
Por isso é que há cenas de que não me arrependo
Porque hoje chove, mas é a molhar-me que vou aprendendo

Viver frustrado é adorar ser pisado
É o mesmo que te descalçares para dançares com o diabo
É usares o teu amor-próprio em prol de quem te quer mal
E pegares em quem não merece e pô-lo num pedestal

Nã, já lá vai o tempo
Aprendi a mal nisso agora ninguém me vence
Por isso é que quem me conhece diz-me que ando frio
E que tem saudades do calor do meu sorriso

Eu só me rio porque, no fundo sou o mesmo
Não menos amigo, apenas mais sereno
Verdade, menos vadio mas sem acasalamento também
Porque falando de mulheres, só confio na minha mãe!
Deixa chover

Sou como sou e eu sei bem
Fiz tanta coisa que não lembra a ninguém
Vou passo a passo com tropeços sem fim
Um sol tão forte e hoje chove em mim

Bridge:
O que ontem aprontei a alguém, hoje chove em mim
Tudo aquilo que censurei, hoje chove em mim
As acusações que gritei, os perdoes que ignorei
A forma como me comportei, tudo isso chove em mim, sim

Ontem choveu em ti, tudo o que aqui retratei também choveu em ti
Eu sei porque critiquei, não compreendi e falhei
Não lidei contigo bem e agora chove em mim…
E agora chove em mim…
Tudo isso chove me mim…
Chove em mim

Sou como sou e eu sei bem
Fiz tanta coisa que não lembra a ninguém
Vou passo a passo com tropeços sem fim
Um sol tão forte e hoje chove em mim

%d blogueiros gostam disto: