João Napoli – Poesia Pra Ela

Poesia Pra Ela – João Napoli Letra:
Eu vou contar agora a história de uma menina
Que ganhou meu coração da noite pro dia
Rodeada se amigos que querem seu bem
Eu quis muito mais que isso, eu quis ir além
Pra que ficar de amizade se podemos mais
Pois a vida é uma só, não deixe a chance pra trás
Aproveita que a gente se dá bem e vem
Vamos juntos ao infinito e além
Ela me olhava sorridente e sorria com os olhos
Com a intenção de sempre me fazer feliz
Vivemos tantas coisas, momentos, risadas
Nunca vou te esquecer sempre vou estar aqui
O seu estilo musical é muito abrangente
Ouve funk, pagodinho e trap consciente
Dança brega funk e é fã da Marília
Nessa bagaça todo mundo vai sofrer menos a gente

Eu não consigo entender
O que se passa na minha cabeça
Que não importa o que aconteça
Meu pensamento sempre cai em ti
Será que um dia você
Vai conseguir me entender
E vai abrir os olhos pra gente
Falar que lá no fundo ce sente

Eu achando que tava arrasando,fui chegando
Decidi roubar um beijo dela
Não foi minha intenção mas foi minha verdade
Ela falou não faz isso de novo pela nossa amizade
Aí eu percebi que ela que eu queria
Para estar comigo pro resto da minha vida
Pega minha mão
E da paixão não tem saída, não
Minha nega só confia
Que o jogo ainda vira
Não sou o Gabigol mas por ti faço dois golzinhos na final
Afinal
Te quero bem e não mal
Minha gata é sensacional
Montanha russa de emoções
E até parece normal

Eu já passei por isso tantas vezes
Tantos sorrisos, emoções tanta decepção
Pra chegar lá pode levar uns meses
Mas quando chega, toma o coração
Na poesia eu falo disso tudo
Até da parte ruim de quando sente
To esperando um verso nessa letra
Que diz pra gente junto ser feliz pra sempre
E que eu te amo ainda não te contei, né
Que meu amor não cabe num container
Acabou declaração, agora é cafuné
Quero saber se nosso plano tá de pé
Mulher
“Cê” sabe que eu piro
No teu vem e vai
Ela dá piscadinha
O coração se satisfaz
Eu já te conquistei agora só falta teus pais
Vamos falar da gente chega de falar de ice

Rapaziada do bailão
Não vou pedir isqueiro
Eu só quero ficar com ela
Na minha cama o dia inteiro
Vem ver uma Netflix se é que ce me entende
O que era pra ser uma noite, as vezes se estende
Ela veio com papinho pra gente conversar
Gata ‘’cê” tá falando muito
Eu quero logo te beijar
Falaram que a quarta cadeira tá me esperando
Pode reservar a quinta
Que ela tá chegando
Complicada e perfeitinha
Essa é minha mulher
Que talvez seja indecisa mas sabe o que quer
Mulher de fases, não importa a fase que vier
Eu vou tentar sempre dar o game over
Nesse teu jogo
Sujo de tentar me ignorar quando tá brava
Você é fogo
Mas “to” te entendo, apagando teu incêndio
Acabando com a tua brasa
Ela disse que o amor é igual um labirinto
Que a nossa melhor opção agora é não arriscar
Eu perguntei pra ela qual o problema da gente se pegar no meio se a saída não achar
Baby vem cá
Um chá de camomila
Suco de maracujá
Massagem nas tuas costas
Só pra relaxar
Põe aquela do Xamã
Pra gente embrasar
E agora recomeçar
Welcome to the jungle
Te quero aqui agora não importa o ângulo
A gata tá pirada dançando ao som de tango

Eu sempre me encantei com o seu jeito de levar
A vida toda numa boa, sem se preocupar
Sentar e ver o mar quebrar, poder te abraçar
E com cabelos de algodão a gente vai
Fazer um cobertor quentinho
Dividir o mesmo espaço coladinho
Vida de aposentado, nós dois e um vinho
E no final de tudo eu vou falar baixinho
Essa é pra quem duvidou do meu potencial
Eu “to” com ela do meu lado agora isso é normal
Muito melhor que imaginei
Essa mina é astral
Pisciana e libra juntos, não tem nada igual
Briguei com ela mas é só fazer assim que eu volto
Não sou o henrique de Ferraz mas ela quer minha moto
O mundo pode acabar mas faz pose pra foto
Minha mãe vive falando que eu sofro demais por ti
Mas vai valer a pena quando eu te trouxer aqui
Vou te levar pra praia brava, tomar açaí
Põe o John Mayer no fone, eu “to” com fome de curtir
A vida
Com aquela morena bonita

Me desculpe mas não sei como que os libras são
Ainda não me entendi e fiz essa canção
Só sei que quero ter você na palma da minha mão
Quando eu te ver o celular vai estar no modo avião
No estilo Projota
Larga teu alfabeto e fica só com o jota
De 0 a 10 “cê” ultrapassa essa nota
E quando eu to contigo nada mais importa

Eu vou contar agora a história
De uma menina
Que eu vivo tão vidrado
fiz até poesia
Sempre fui amigo, sempre quis seu bem
Mas no fundo eu sempre quis ir além

Letra lyrics lyric letras versuri musiek lirieke tekstet paroles

%d blogueiros gostam disto: