Letra Paulo Fogaça – Do Meu Jeitão Bem Bagual / Dia a Dia de Fazenda (Ao Vivo) (part. Grupo Gauderiando)

Do Meu Jeitão Bem Bagual / Dia a Dia de Fazenda (Ao Vivo) (part. Grupo Gauderiando) – Paulo Fogaça Letra

Quero ver essa cordeona chorando numa vaneira
No balanço a noite inteira que é pra mim se encambichar
No lombo do potro baio de manhãzita eu saio
Pelos campo a cavalgar
Pra dançar eu levo jeito bem pilchado a preceito
Lá por Santa Catarina num fandango em Blumenau
Se vem morena nas bandas de Jaraguá
Hoje eu vou me apaixonar
Do meu jeitão bem bagual

Se vem morena nas bandas de Jaraguá
Hoje eu vou me apaixonar
Do meu jeitão bem bagual

Do meu jeitão bem bagual eu vou dançar a noite inteira
Neste tranco de vaneira vou até o Sol raiar
Do meu jeitão bem bagual eu vou dançar a noite inteira
Aqui em Santa Catarina com a morena vou ficar

Do meu jeitão bem bagual eu vou dançar a noite inteira
Neste tranco de vaneira vou até o Sol raiar
Do meu jeitão bem bagual eu vou dançar a noite inteira
Aqui em Santa Catarina com a loirinha vou ficar

Quero ver essa cordeona chorando numa vaneira
No balanço a noite inteira que é pra mim se encambichar
No lombo do potro baio de manhãzita eu saio
Pelos campo a cavalgar
Pra dançar eu levo jeito bem pilchado a preceito
Nesta bela Joinville, Floripa ou Indaial
Como é gostoso dançar em Araranguá
Biguaçu ou São José
Do meu jeitão bem bagual

Como é gostoso dançar em Araranguá
Biguaçu ou São José
Do meu jeitão bem bagual

Do meu jeitão bem bagual eu vou dançar a noite inteira
Neste tranco de vaneira vou até o Sol raiar
Do meu jeitão bem bagual eu vou dançar a noite inteira
Aqui em Santa Catarina com a morena vou ficar

Do meu jeitão bem bagual eu vou dançar a noite inteira
Neste tranco de vaneira vou até o Sol raiar
Do meu jeitão bem bagual eu vou dançar a noite inteira
Aqui em Santa Catarina com a loirinha vou ficar

Guasqueava o vento nas minhas barbas tordilhas
Bem no topo da coxilha eu contemplo a criação
Entusiasmado com a ideia preparada
Vou vender minha boiada na chegada do verão

Estala o reio e o cusco me auxilia
Prega os dentes na novilha pra embocar no mangueirão
Depois faceiro vem pra mim se balançando
E a peonada assoviando, coisa linda é ser peão

Lá na fazenda tudo é muito mais bonito
As estrelas no infinito acobertando o galpão
Na madrugada ronca uma gaita chorona
E a peonada se emociona junto ao fogo de chão

Lá na fazenda tudo é muito mais bonito
As estrelas no infinito acobertando o galpão
Na madrugada ronca uma gaita chorona
E a peonada se emociona junto ao fogo de chão

Estala o reio e o cusco me auxilia
Prega os dentes na novilha pra embocar no mangueirão
Depois faceiro vem pra mim se balançando
E a peonada assoviando, coisa linda é ser peão

Lá na fazenda tudo é muito mais bonito
As estrelas no infinito acobertando o galpão
Na madrugada ronca uma gaita chorona
E a peonada se emociona junto ao fogo de chão

Lá na fazenda tudo é muito mais bonito
As estrelas no infinito acobertando o galpão
Na madrugada ronca uma gaita chorona
E a peonada se emociona junto ao fogo de chão

Letras “Paulo Fogaça – Do Meu Jeitão Bem Bagual / Dia a Dia de Fazenda (Ao Vivo) (part. Grupo Gauderiando)” Official Lyrics
Lyrics, Letras, Paroles, Deutsche, Letras, Testi,Тексты, Texty, Norske, Текстови, Versuri, Persian, Liricí, Lirik, Nederlandse, Tagalog

%d blogueiros gostam disto: