Linn da Quebrada – ​eu matei o Júnior

​eu matei o Júnior Lyrics
Linn da Quebrada – ​eu matei o Júnior Lyrics

Verso: Linn da Quebrada
Histericamente histórica
Historicamente estoica
Estou cá
Pedindo que você se saia
Se top, se vingue, se manque
Se engane
Pedindo que você se saia
Se top, se vingue, se manque
Se engane
Para que eu possa voltar

Verso: Ventura Profana
Histericamente histórica
Historicamente estoica
Estou cá
Pedindo que você se saia
Se top, se vingue, se manque
Se engane
Pedindo que você se saia
Se top, se vingue, se manque
Se engane
Para que eu possa voltar

Pré-Refrão: Linn da Quebrada & Ventura Profana
Da cor do barro, do berro
Da prata, do preto, do ferro
Erro
Da cor do barro, do berro
Da prata, do preto, do ferro
Erro
Eu vou vingar
Refrão: Linn da Quebrada e Ventura Profana, Ventura Profana
Quem mandou morrer?
Quem mandou matar? (Júnior está morto)
Para renascer das cinzas
Antes teve que queimar
Arder
Queimar, arder
Queimar, arder
Queimar, arder

Ponte: Linn da Quebrada & Ventura Profana
E se trans for mar, eu rio
E se trans for mar, água de torneira
E se trans for mar, eu rio
Contra a correnteza
Pra me lavar
E se trans for mar, eu rio
E se trans for mar, água de torneira
E se trans for mar, eu rio
Contra a correnteza
Pra me lavar

Saída: Linn da Quebrada & Ventura Profana, Ventura Profana, Linn da Quebrada
Eu matei o Júnior (Eu matei)
Eu matei o Júnior (Se vaia, se traia)
Eu matei o Júnior
Eu matei o Júnior (Se vaia, se traia)
Eu matei o Júnior (Eu matei)
(Se traia)
Eu matei o Júnior (Eu matei)
(Se vaia)
Eu matei o Júnior (Eu matei o Júnior)
Eu matei o Júnior (Eu matei o Júnior)
Eu matei o Júnior

Linn da Quebrada

%d blogueiros gostam disto: