MC Vittin PV e MC Piedro – Clandestina Maluca

Clandestina Maluca – MC Vittin PV e MC Piedro Letra:
Que eu tô de clock na cintura, tranqueira natura
Rende pros criolo que é envolvidão…
De nike shox nós chuta, as clandestina maluca

Ô desce pros pirata que deu condição
Desce e sobe estigando o brabo do distrito e faz o macetinho
Fim de semana com ela, tem racha, md e também tem lean
Tô de teto solar e se eu não tivesse pra pôrta será que ela ia tá, no banco de couro com o menó chavão, no banco de couro com menó chavão

Que ela desce e me usa, vai tirando a blusa
Tá com o brabo do distrito e a malicia tá no ar
De drink ela surta, na velar me chupa
Uma noite você tem mas não pode se apaixonar

Que ela desce e me usa, vai tirando a blusa
Tá com os pirata de SP e a malicia tá no ar
De drink ela surta, na velar me chupa
Uma noite você tem só não vale se apaixonar

Eu tô de glock na cintura, tranqueira natura
Rende pros criolo que é envolvidão…
De nike shox nós chuta, as clandestina maluca
Desce pros menó que deu condição
Desce e sobe estigando o pirata de prado e faz o macetinho
Fim de semana com elas, tem racha, md e também tem lean
Tô de teto solar e se eu não tivesse pra pôrta será que ela ia tá, no banco de couro com o menó chavão, no banco de couro com menó chavão

Que ela desce e me usa, vai tirando a blusa
Tá com os pirata de SP e a malicia tá no ar
De drink ela surta, na velar me chupa
Uma noite você tem só não vale se apaixonar

Que ela desce e me usa, vai tirando a blusa
Tá com o brabo do distrito
De drink ela surta, na velar me chupa
Uma noite você tem só não vale se apaixonar

Letra lyrics lyric letras versuri musiek lirieke tekstet paroles

%d blogueiros gostam disto: