Não Pode Ser Nada – Drip de Cria

Não Pode Ser Nada – Drip de Cria Lyrics Letra:
Tamo na pista!
Vocês não entende como é que minha gang tá ganhando guita
Tô fumando um beck daquele dos grande dedo de gorila
Neblina no carro e uma garota bandida sentando na P***
O grave batendo e a doida da vizinha ligou pra polícia
(2X)

(RAAL – VERSO)

Olha minha cara na revista
Dando dedo, mano, com cara de artista

Meu bonde é sem freio, mano, então sai da pista
De role com os pit, e um Nike novo pra te PISAR!

Num fode minha brisa
Cê num é de Gang
Faço grana é fato, fica rico amém!

Pra falar é mato, todo canto tem
Tô contando os placo, junto com minha gang

(FABIN – REFRÃO)

Tamo na pista!
Vocês não entende como é que minha gang tá ganhando guita
Tô fumando um beck daquele dos grande dedo de gorila
Neblina no carro e uma garota bandida sentando na P***
O grave batendo e a doida da vizinha ligou pra polícia
(2X)

(RAULZITO – VERSO)

Fogo na pista, perfume importado, cabelo na régua,
nipe de artista,
03 back bolado, lupeta na cara, jacaré na peita.
Chinelo da Nike, cueca de marca as menina Pira,
É o drip de cria…

Peguei uma Patrícia,
menina mimada mas muito Safada quis sentar na P***
O pai mau sabia que o seu tesouro foi sentar pro cria,
brotou na favela quis fumar uma vela
Noite virou o dia.
Ela diz que é minha…

(FABIN – REFRÃO)

Tamo na pista!
Vocês não entende como é que minha gang tá ganhando guita
Tô fumando um beck daquele dos grande dedo de gorila
Neblina no carro e uma garota bandida sentando na P***
O grave batendo e a doida da vizinha ligou pra polícia
(2X)

Letra lyrics lyric letras versuri musiek lirieke tekstet paroles

%d blogueiros gostam disto: