Paulo Pires – A Vida é Minha

Paulo Pires – A Vida é Minha Letra:
Minha cara chega racha de vergonha
Jurei que não voltava, tô voltando
Olha eu de malas prontas
Tô nem aí se eu fui fraco
Tô nem aí se não me segurei
Tô nem aí se no meu peito ela fez um arregaço mais de uma vez

Porque a vida é minha, o corpo é meu
O coração que tá sofrendo é o meu
Porque a vida é minha, o corpo é meu
O coração que tá sofrendo é o meu

E daí se ela não vale nada
No quarto sem roupa ela da aula
E daí se ela não vale nada
Eu peguei amor aquela raba
E daí se ela não vale nada
No quarto sem roupa ela da aula
E daí se ela não vale nada
Eu peguei amor aquela raba

Tô nem aí se eu fui fraco
Tô nem aí se não me segurei
Tô nem aí se no meu peito ela fez um arregaço mais de uma vez

Porque a vida é minha, o corpo é meu
O coração que tá sofrendo é o meu
Porque a vida é minha, o corpo é meu
O coração que tá sofrendo é o meu

E daí se ela não vale nada
No quarto sem roupa ela da aula
E daí se ela não vale nada
Eu peguei amor aquela raba
E daí se ela não vale nada
No quarto sem roupa ela da aula
E daí se ela não vale nada
Eu peguei amor aquela raba

%d blogueiros gostam disto: