Pedro Henrique – Ajuda aí seu Zé

Pedro Henrique – Ajuda aí seu Zé Letra:
Olha eu pela rua, já são três da manhã e eu embrazado tomando cachaça, lembrando das juras que você jurou bem na minha cara, que não voltava mais, e tá tudo acabado.

Tô andando sem rumo, tô deixando vestígio de lata de pinga jogada no chão e não faz dez minutos que fui abordado, tomei um empurrão chamado de vagabundo tô jogado no mundo, pra piorar a situação fechou minha última opção o seu Zé faça isso não,

v

Oh abre esse Buteco aí seu Zé
Que não tem jeito tem que ser você
Ajuda logo esse homem que só faz sofrer e abre logo esse Buteco que eu quero é beber
Oh abre esse Buteco aí seu Zé
Que o que eu beber pago dobrado, que eu não tou ligando hoje eu tou embrazado como é que eu durmo em minha cama sem ela do lado

Oh abre esse Buteco aí seu Zé e bote uma moda apaixonada hoje eu só saiu do seu bar se aquela desalmada ligar dizendo que me ama e vai voltar pra casa
Ajuda aí seu Zé.

%d blogueiros gostam disto: