Rei da Mata e Tião do Gado – Rede de Aço

Rede de Aço – Rei da Mata e Tião do Gado – Letra Lyrics

Não leve a mal, companheiro
Desculpe a minha franqueza
Sente aqui nesta cadeira
E põe as cartas na mesa
Vamos pôr em prato limpo
Sem trapaça e sem braveza
Quero ver tua ciência
Perto da minha destreza
Vamos ter um tempo quente
Com minha linha de frente
No teu campo de defesa

Minha viola é um campo verde
É uma fonte de riqueza
Os atletas são meus dedos
Nessa cancha faz proeza
Todos os dez são artilheiros
Dentro do campo é dureza
Jogando os versos que eu faço
Levo o couro de surpresa
Na batida do pagode
A torcida em massa explode
No gol é na certeza

Onde está o violeiro
Campeão da redondeza
Boa hora foi chegada
E me faça a gentileza
Vamos disputar uma taça
Essa tapa é uma princesa
Que reside num palácio
É uma flor da natureza
Que não sai do seu castelo
Pra qualquer pé de chinelo
Cobiçar sua beleza

Vou pôr o meu time em campo
Quero ver tua grandeza
Quem já pôs a mão no fogo
Pega em qualquer brasa acesa
Vou tirar o leão da mata
Vou fazer uma limpeza
Pra mostrar pra muita gente
Com classe e delicadeza
Meus pagodes eu mesmo faço
Pra quebrar rede de aço
De quem não me dá moleza

Letras “Rei da Mata e Tião do Gado – Rede de Aço” Official Lyrics

%d blogueiros gostam disto: