Vítor Guima – Tortos Assim

Tortos Assim – Vítor Guima Letra:
Eu bem queria ter coragem
Pra contar tudo o que eu sei
Tudo o que eu sigo

Meu bem, eu só não sei
Lidar
Com tantas bandeiras
Pairando nos mastros

E eu me seguro
Pra num porre não voar
Pra longe de ti
Pra longe dos teus lençóis

São tantos
Copos e bocas e medos
Nas tuas olheiras
E eu aqui
Longe dos teus lençóis

Tantas garrafas e guerras e encontros
Em noites inteiras
E eu aqui
Longe dos teus lençóis

Tortos assim
Por tanto tempo
Tortos assim
Por quanto tempo
Tortos assim
Enquanto o tempo nos deixar

Copos, bocas e medos
Nas tuas olheiras
E eu aqui
Longe dos teus lençóis

Garrafas e guerras e encontros
Em noites inteiras
E eu aqui
Longe dos teus lençóis

Tortos assim
Por tanto tempo
Tortos assim
Por quanto tempo
Tortos assim
Enquanto o tempo nos deixar
Tortos assim
Nos deixar
Tortos assim
Letra lyrics lyric letras versuri musiek lirieke tekstet paroles

%d blogueiros gostam disto: