Vocal Livre – Mil Versos | Poslúdio

Mil Versos | Poslúdio – Vocal Livre Letra:
Ah, meu coração é todo seu
O meu amor lhe buscará
Sem se cansar, sem sossegar
De todo jeito que puder

Se um poeta me tornar
Mil versos quero escrever
E todos são sobre você
Inda é capaz de não caber

Tempo vai passar, as folhas vão secar
Mas dentro do meu peito nada vai mudar
Se tentar fugir, bem longe se esconder
Nunca de mim vai se perder
Não, nada é capaz de me deter

Por você, eu venço a fúria desses mares
Eu desafio a própria morte
Pra ver sua vida renascer

Por você, suporto as dores e o medo
De te esperar e não saber
Se um dia vai me perceber

Ah, meu coração é todo seu
O meu amor lhe buscará
Sem se cansar, sem sossegar
De todo jeito que puder

Se um poeta me tornar
Mil versos quero escrever
E todos são sobre você
Inda é capaz de não caber

Por você, eu venço a fúria desses mares
Eu desafio a própria morte
Pra ver sua vida renascer

Por você, suporto as dores e o medo
De esperar e não saber
Se um dia vai me perceber

%d blogueiros gostam disto: