Home / Rap / Xaga – SENSEi (Letra)

Xaga – SENSEi (Letra)

SENSEi (Letra) – Xaga Lyrics, Letra:
E a vida tem me ensinado
Eu chamo ela de sensei
Faixa preta, nunca tarja preta
Sem olhar pra trás, mano, eu nem sei
Do que tá me aguardando lá na frente
Eu sei que a morte é um fato, corro dela, é um caco
De vidro que corta os fracos quando eles pulam o muro
E eu nunca fui fã de cortar caminho
Eu só caminho com uns pergaminhos
Nunca sozinho, balanço os traços
Dança comigo essa noite eu te trago
Mais que cigarro, yeah
Inalando conhecimento, acelero o carro
E hoje o engarrafamento
Travou tua mente, câmera lenta, ficou no pit stop
Arrecadando mais dinheiro, eu tô tipo shopping
Sociedade capitalista é um bote
Afundando igual Titanic
Destruição em massa são dinamites
Hiroshima, irônicomunidades são minas
Prontos pra explodir igual o valor da gasolina
Falso e ladrão igual o olhar daquelas minas
Que tão jogando uns anzol no meu bolso
Almejando encontrar alguns peixes
Esqueceram a isca, conseguiram arriscar
Na festa são como bexiga: Enche e só um enfeite
Assopra e vê se pega a fita
Minhas rimas sempre além do tempo
E o flow sempre alto, desculpa
Se fosse a FIFA, eu ganharia um prêmio
Bonito como Puskás e tu buscas
Desculpas, Xaga nem é desse milênio
Respeitado nas ruas, Frank Lucas
E a minha droga tu piscou já tô vendendo

Eu vim pro jogo pra ganhar
Nos vemos na linha de chegada
E eu tô correndo contra o tempo, yeah
Meus inimigos não vão me alcançar
Eu vim pro jogo pra ganhar
Nos vemos na linha de chegada
E eu tô correndo contra o tempo
Meus inimigos não vão me alcançar

Me olham como se eu fosse uma peça de ouro
Reluzente e brilhante
Invejosos dirão que é montagem
Eu lembro que um amigo há muito tempo disse
Que ter tempo é fácil, difícil é dinheiro
Mas, se o tempo faz dinheiro, vamo ter tempo primeiro
Mano, o tempo inteiro, eu cansei da metade!
Frações já não cobrem a parte
Que eu me julgo ter por direito
Na luz eu exponho minha arte
Sincera e te toca no peito
Xaga, elegante nas linhas
Rimas na pele, dono das galáxias, homem de preto!
Tanto quanto sério, ficha limpa, é claro
Estilo sujo e escuro dentro de um bueiro
Fatos que fazem história e não fazem moda
Sonhando com Times Square e eles querem
Ultrapassar barreiras, mas a vida cobra
Corra na frente do sonho e nunca espere
Que a vida seja um morango com chantili
Privilegiado igual Danilo Gentili
Daqui de onde eu venho é difícil de se iludir
Quanto mais se tem, mais se quer, desde menorzin’
Bem me quer ou mal me quer, eu não tô nem aí
E se essa porra é guerra, eu tô pronto pra te explodir
E não me importa se ela é fria
Meu coração tá muito mais gelado hoje em dia
Daqui a pouco, logo em breve, nós vira notícia
Mas dessa vez nós muda os cálculos de algumas estatísticas
Menino jovem e preto com cara de tralha
Longe das esquinas virou capa de revista

Eu vim pro jogo pra ganhar
Nos vemos na linha de chegada
E eu tô correndo contra o tempo, yeah
Meus inimigos não vão me alcançar
Eu vim pro jogo pra ganhar, yeah
Nos vemos na linha de chegada
E eu tô correndo contra o tempo, yeah
Meus inimigos não vão me alcançar
Letra lyrics lyric letras versuri musiek lirieke tekstet paroles

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: